Linha 4 do metrô dá primeira pane e cria caos em São Paulo

 

Na segunda-feira a linha 4 do metrô que liga Luz a Butantã começou a funcionar apenas as 08:20h devido a uma pane no sistema de sinalização que informa ao trem que é automatizado as rotas e as paradas nas estações sem a necessidade de um operador, a pena afetou cerca de 75 mil usuários, seu funcionamento em horário integral tem apenas uma semana.

Na minha opinião uma falha na nova linha era mesmo questão de tempo, não sei se é verdade, mas, é difícil quando o chefe não entende nada de conceitos operacionais do sistema, acho que a VIA QUATRO (empresa que opera a linha amarela do metrô) foi pressionada a operar logo embora eu não queira aqui tirar a culpa deles pelos transtornos causados ontem (3) quando a linha começou a operar com atraso. A linha que tem apenas um ano de vida começou a operar em horário reduzido no começo de suas atividades e não faz tanto tempo assim que estendeu seu funcionamento em horário integral, acho que eles não esperavam por essa demanda na nova linha, apesar de ser nova a linha 4 do metrô já nasceu lotada, é horrível pegar aquela linha na estação da Luz em horário de pico, esta simplesmente insuportável não cabe mais gente em lugar nenhum e não sei se o efeito desejado de descongestionar a Sé foi mesmo cumprido.

O maior erro no caos de ontem foi não ter informado com antecedência aos usuários e noticiários de que a linha não seria aberta tão cedo, o transtornos que isso causou para os novos adeptos a linha foi um impacto feroz e com certeza a VIA QUATRO será penalizada, existem medias previas que normalmente são adotadas pelo metrô em conjunto com a SPTrans e EMTU em situações como essa, agora só resta rezar para que este tipo de problema seja evitado ou que ele não ocorra tão facilmente.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Opinião. Bookmark o link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s