CPTM passa dos limites do tolerável e dá serviços de qualidade cada vez piores para seus usuários.

Com a desculpa da modernização a CPTM esta adotando esquemas operacionais no mínimo torturantes para seus usuários prejudicando muito quem utiliza os trens da (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), crescimento desordenado da rede, manutenções preventivas inadequadas e queda de qualidade são apenas alguns dos ingredientes.

O sofrimento da vez este fim de semana foi da linha 7 que faz o percurso entre Jundiaí/Luz, por motivos de obras de melhoria (que nunca melhora nada) a CPTM adotou um esquema muito estranho fazendo com que alguns dos trens que partiram da Luz tenha seu ponto final em Pirituba, obrigando os usuários a pegar novo trem para seguir viagem.

Este procedimento operacional não seria tão ruim assim se os intervalos que já são ruins em horário de pico durante a semana não fossem ainda piores no fim de semana, o que veio a seguir é uma seqüência de transtornos com um trem parado na plataforma central por volta das 19h superlotado ele levou pelo menos um pouco mais de 30 minutos para partir, durante este período a multidão sofria com a superlotação e vários passageiros desistiam de embarcar em um trem que não tinha prazo para sair.

A mesma história se repetiu no domingo com o trem parando em Pirituba, embora o foco das criticas seja os serviços prestados pela CPTM outro transporte falhou no mesmo final de semana principalmente sábado a tarde a linha amarela do metrô travou na estação República sentido Butantã, aparentemente teve uma queda no sistema que custou cerca de 20 minutos de linha parada enquanto o sistema estava sendo recuperado. Na pratica o que estamos vendo é uma piora nos serviços prestado no transporte sobre trilhos, são 21 bilhões jogado fora, por isso eu vos digo tá errado, tá errado.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Tá errado, tá errado!!!. Bookmark o link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s