CapÍtulo 4 – O preconceito

O texto a seguir teve os nomes dos personagens reais alterados por se tratar de um episódio polêmico na vida de Thiago. O nome das duas professoras que fizeram parte da infância de Thiago foram alterados para nomes fictícios.

Se na terceira série do ensino fundamental Thiago teve uma professora dedicada e paciente, nosso herói não teve a mesma sorte no ano seguinte, a quarta série foi para cardíacos e Thiago acabou dificultando a sua própria vida com vergonha de falar para a nova professora de suas dificuldades, Thiago teve de enfrentar o preconceito e a falta de boa vontade da professora Tamara.

Tamara era uma professora que impôs a Thiago as piores dificuldades e exigia dele coisas um tanto impossíveis na época, como copiar a matéria do quadro negro, não facilitava a vida de nosso herói em nada e ainda o hostilizava diante dos colegas de classe e apesar das intervenções de sua mãe pouco pode fazer por ele até que a professora foi trocada e a nova professora Luciana de uma forma parecida também dificultou muito a vida do Thiago.

Ter a matéria em dia, coisa difícil para nosso herói virou arma da nova professora para mostrar para outros professores e direção de que Thiago não tinha condições de passar para o ano letivo seguinte, mas, a perseverança de sua mãe em ajudar Thiago a colocar a matéria em dia era apenas um dos obstáculos enfrentados por Thiago na escola, com apenas 10 anos de idade Thiago se viu abandonado e impotente e mesmo recebendo a instituição que o acompanha para ajudar deficientes visuais a usar a tele lupa (equipamento que aproxima os objetos focalizados) pouco ajudou Thiago na época já que estava em processo de adaptação.

Luciana perseguia Thiago por cada erro que o estudante de apenas 10 anos cometia, com choro muitas vezes sendo algo comum Thiago tinha que fazer estudos extra em casa para conseguir pelo menos nas notas ir bem e viu seu esforço ir por agua a baixo, Luciana humilhava Thiago ao mostrar a própria mãe de nosso herói e a direção da escola como o caderno de nosso herói tinha pouca coisa escrita porém Thiago com a ajuda de sua mãe estava se saindo bem em todas as matérias, porém o bom desempenho de Thiago virou uma praça de guerra entre o aluno esforçado e a professora malvada que queria reprovar nosso herói mesmo com notas satisfatórias, a perseguição visível da professora preconceituosa fez a mãe de Thiago (Telma) ameaçar a direção da escola de que iria ao conselho de educação contra a escola, pois Luciana queria reprovar o Thiago de ano por causa de um exame de matemática onde nosso herói teria recuperado a nota acertando mais de setenta por cento e o argumento da professora preconceituosa era de que apesar de ter tirado nota com todas as dificuldades e desempenho apresentado pelo Thiago ele não teria condições de ir para o ano seguinte.

O pai de Thiago (Oswaldo) que também é professor da rede publica foi pra cima da professora Luciana e ameaçou também ir levar o caso de seu filho ao ministério da educação já que na época a quarta série do ensino fundamental não tinha reprovação além de a reprovação não poder ser justificada, pois, Thiago obteve nota suficiente para passar de ano, foi quando de uma maneira irônica a professora de Thiago colocou tudo nota dez e queria que a mãe de Thiago assinasse, ela não o fez e pediu o justo e assim a batalha termina com um fim de ano turbulento e professora licenciada com o Thiago indo para a quinta série pressionado e sabendo que sua vida escolar não seria nada fácil.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em História de Thiago. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para CapÍtulo 4 – O preconceito

  1. batmala disse:

    É amigo Thiago, já passei por isto também na 3ª Série do Ensino Fundamental na troca de nossa querida professora que estava gestante, por uma velha amargurada que vivia humilhando nós alunos e que inclusive reprovou 80% da classe. Porém Deus é justo e como houve uma Assembléia para entrar com um recurso contra esta arbitrariedade, e foi provado que nada mais era que má fé da mesma, pois, esta já vinha transferida de outro colégio onde já havia causado problemas por sua má conduta. E pra fechar com chave de ouro, os pais entraram com uma denúncia na Delegacia de Ensino, a qual acatou por decisão unânime de impedí-la de lecionar na L2 (Diretoria Leste 2).
    A justiça se fez e Graças à Deus nunca mais ouvi falar desta criatura.
    Entendo bem este seu sentimento de revolta quanto à esta situação, sendo oprimido e humilhado diante de tantas dificuldades.
    Mas Deus é justo e assim se fez justiça! Parabéns meu querido e vamo que vamo!

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s