A luta do UFC 148 só serviu para mostrar que Anderson Silva não é isso tudo

Apesar de a imprensa brasileira estar eufórica com o nocaute de Anderson Silva em Chael Somen e dizer que foi um massacre quem tem um pouco de senso critico vai perceber que na verdade a luta sim terminou com amplo favoritismo e confirmação do que se esperava que Anderson ainda fosse o campeão dos médios pelo UFC só que o americano de uma forma geral parece ter sido superior é como um jogo de futebol, o gol é o que determina o resultado, mas, não significa que o time jogou mais futebol que o adversário perdedor.

A luta era a da “vida” do americano que partiu para cima do brasileiro e logo o colocou no chão no primeiro round, mas, pouco pode aproveitar a chance que teve por que o campeão dos médios embora estivesse em desvantagem estava bem postado e conseguiu se defender que foi o resultado do primeiro round uma vitória do americano Somen.

Porém no segundo round teve uma certa reprise do primeiro, mas, o Anderson estava preparado e não deu moleza para o americano que queria uma luta no chão porém Chael tentou desferir um golpe que passou no vazio e logo caiu e ai o Anderson não deu a menor chance, Somen que empolgou a torcida local pelo que fez no primeiro round pagou caro por um único descuido que o levou a derrota por nocaute por causa das mãos pesadas e enfurecidas do campeão brasileiro.

Apesar da derrota este pode ser um passo importante para que Anderson Silva seja ameaçado por adversários futuros, pois, ele não é tudo isso e pode ser vencido, Sonem mesmo com a derrota provou isso, claro que não foi como a primeira luta entre os dois onde Anderson tomou uma verdadeira surra, mas, o oponente impôs sim uma certa dificuldade ao campeão e quem diz que a vitória do “Spider” foi um massacre em cima do americano certamente não sabem do que estão falando, o Anderson pode ser vencido e seu maior ponto fraco é o psicológico é nisso que o próximo candidato ao cinturão de Anderson deve pensar e explorá-lo por que ele é fraco psicologicamente falando.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Opinião. Bookmark o link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s