Palmeiras não suporta a pressão de vencer seus adversários e deve cair no próximo jogo

Fio de esperança só é matemática, pela situação e por tudo que o time já apresentou em campo e o fato de não depender só de suas forças é difícil de acreditar que o Palmeiras ainda vai se salvar o quadro já é praticamente irreversível e apesar dos prejuízos que o time enfrentou com os erros de arbitragem ainda assim o rebaixamento é merecido.

Com o segundo rebaixamento em 10 anos anunciado o Palmeiras precisa urgentemente rever seus conceitos administrativos, muito além de montar um time competitivo e pensar no bem maior que é e sempre será o Palmeiras.

A imprensa esportiva brasileira é muito dura com o time paulista no que diz respeito ao seu elenco que sempre foi considerado modesto, sob meu ponto de vista a direção do Palmeiras cometeu dois grandes erros imperdoáveis, um deles seria a demissão do técnico Vanderlei Luxemburgo por puro orgulho quando o time vinha bem e ter colocado em seu lugar Muricy Ramalho, outro erro foi não ter apostado em Jorginho quando este assumiu de forma interina o time e acumulou grandes resultados, sim, eles erraram não há como negar.

Falta qualidade ao time do Palmeiras – Sim falta, o Palmeiras pode ter onze bons jogadores, mas, não um time! Insistência em apostas é o maior absurdo que a diretoria faz time grande por mais prejudicado que seja na arbitragem é capaz de se sobre sair sobre os menores, mas, isso não acontece com o Palmeiras que apelou por anular um jogo contra o Internacional por causa de um polemico gol de mão e foi ao STJD sabendo que iria perder até mesmo fora das quatro linhas o time toma uma lavada e foi uma derrota esmagadora para enfiar uma faca de misericórdia contra os dirigentes alviverdes.

Dizer que o Palmeiras ainda vai se salvar é criar falsas esperanças e iludir seu torcedor sejamos realistas o time precisa ganhar os próximos três jogos e torcer para que pelo menos Bahia ou Portuguesa não ganhe os próximos três jogos e não acumulem três empates, então já era!

O planejamento agora é saber como juntar os cacos e mais do que isso pensar em montar times para os próximos anos que não sejam motivos de chacota por parte da imprensa e dos próprios torcedor e de seus adversários, por que o Palmeiras já caiu e mesmo que por algum milagre imenso consiga se salvar o ano termina para o time de forma vergonhosa mesmo com o titulo da Copa do Brasil, o torcedor não merecia tamanha decepção.

Prevejo que o próximo time a sentir os problemas de uma administração mal planejada seja o Santos FC se não tomar cuidado, neste cenário o São Paulo parece ser o time mais seguro para os próximos anos e o Corinthians parece ter aprendido a lição depois da queda.

O ano que vem será difícil para o Palmeiras que tem uma Libertadores e uma série B para disputar, pouco importa se for campeão do torneio continental penso que a prioridade é subir para a série A. O que aconteceu com o Palmeiras campeão da Copa do Brasil (méritos para o Felipe Scolari) é reflexo de uma administração pífia que vem de longa data e que mostra a necessidade de mudança estrutural para que o time volte a ser grande e mais do que isso conquistar o respeito de seus próprios torcedores e de seus rivais, lamentável ver quinze milhões chorando por amor e alguns agindo por violência em meio ao desespero onde o maior culpado são os dirigentes e não os jogadores.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Opinião e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s