Deputado quer regularizar a prostituição no Brasil antes da Copa do Mundo no Brasil

prostituiçãoUm corajoso deputado do PSOL-RJ esta discutindo um projeto de lei que torna legalizado e reconhecido a profissão “prostituta” no Brasil, o intuito é dar condições dignas de trabalho e garantir os direitos as profissionais do sexo.

No Brasil a prostituição não é crime, mas, sim marginalizada, o problema é que as casas de prostituição funcionam de forma ilegal e por tanto é crime, o deputado explicou que o projeto visa proteger os direitos e fazer com que o estado reconheça como profissão, por que elas existem e estão ai correndo todos os riscos de “exploração sexual” que é diferente de prostituição.

O deputado se mostrou preocupado com os eventos que haverá no país como a Copa do Mundo e o possível aumento na exploração e demanda dos serviços sexuais, no vácuo da clandestinidade as casas de prostituição funcionam e são raras as prostitutas que trabalha sob condições autônomas. O deputado também disse que a dificuldade na aprovação do projeto é esbarrado em moralistas e conservadores extremos, não se discute aqui o incentivo a prostituição, mas, sim a legalidade das casas de prostituição e a dignidade dos direitos trabalhistas das mesmas (prostitutas) maiores de idade e capazes que sabem o que estão fazendo.

OPINIÃO DO BLOGUEIRO THIAGO

Eu não tenho nenhuma vergonha de dizer que sou “a favor” da legalidade da profissão, como já convivi com esse mundo sei exatamente o que se passa em sua maioria com as “garotas de programa” e acredito que deve existir uma preocupação sobre as condições em que as mesmas são submetidas, chega de preconceito e falso moralismo, a prostituição sempre existiu conhecida como a profissão mais antiga do mundo, uma mulher adulta e capaz tem o direito de decidir o que fazer com o seu corpo, acredito que a legalização iria protegê-las e tornar o ambiente e suas condições de trabalho mais seguras, mais do que isso, um projeto que legalize e fiscalize essas casas pode proteger as mulheres de abusos sexuais e proteger as crianças e adolescentes da prostituição infantil vulgo exploração sexual de menores.

Com as condições atuais no vácuo da clandestinidade as garotas de programa trata isso como apenas uma forma temporária de ganhar dinheiro fácil, normalmente são pessoas humanas como nós com objetivos bem definidos e muito orgulhosas, normalmente são pessoas do bem e cheias de amor próprio trabalhadoras como qualquer outra pessoa vivendo a descriminação e o preconceito da sociedade moralista e inclusive essa mesma sociedade (uma parcela delas) recorrem a elas e por isso são imorais de falar alguma coisa de caráter preconceituoso e pejorativo contra elas. Estava mesmo na hora de alguém pensar nisso, parabéns ao deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) que teve coragem acima de tudo e esta fazendo um projeto amplo que esta sendo discutido em comissões de mulheres, alas feministas e até mesmo direitos humanos, o intuito não é incentivar a prostituição mas sim cuidar das que esta ai prestando seus serviços por que existe demanda e isso é real, não adianta ignorá-las ou tratar como se fossem marginais é preciso cuidar para que isso seja reconhecido e que por tanto possa dar a elas todo o apoio e as condições para que tenham os mesmos direitos de qualquer outro trabalhador.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Opinião. Bookmark o link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s