Pênalti perdido por Alexandre Pato só mostra como o futebol brasileiro tem muita falta de profissionalismo e desrespeito ao torcedor: Problema afeta a todas as modalidades esportivas em geral

Alexandre PatoOs atletas de qualquer modalidade esportiva são profissionais que ganham muito bem para exercer suas atividades, tem patrocinadores, recebem altos salários e precisam ser profissionais e desempenhar bem suas funções igual um analista de suporte precisa estudar para conhecer novas tecnologias, um jogador de futebol precisa cuidar da alimentação, estar em forma física, treinar e dar o seu melhor sempre sem ser displicente ou cometer erros banais que comprometam um projeto.

Alexandre Pato, jogador de futebol do Corinthians fez isso foi amador ao cobrar um pênalti decisivo contra o Grêmio, ele fez graça bateu muito mau e acabou eliminado da competição, não se discute aqui o pênalti perdido, trate-se de um jogo de futebol onde deve haver um vencedor, mas, bater o pênalti da forma que bateu é no mínimo uma irresponsabilidade considerando que era um jogo decisivo de quartas de final, não foi nada profissional.

Anderson SilvaPodemos comparar o pênalti perdido ao atleta do UFC que não consegue bater a meta do peso para sua categoria, um analista de redes que não sabe como funciona o plano de endereçamento de rede, não entende nada de camadas do modelo OSI ou se quer sabe o que é um PING, um time de revezamento que não treina “passar o bastão” e ai no momento derradeiro da no que deu o pior acontece e deixa o bastão cair ou até mesmo um time de futebol que perde de propósito varias partidas apenas para derrubar o técnico ou podemos ainda dizer de algum jogador que simula faltas, pede cobranças que na verdade são do adversário ou usa-se de drogas para aumentar seu desempenho, tudo isso são exemplos de falta de profissionalismo e em outros casos até mesmo de ética.

Isso tudo não é exagero, não foi um simples pênalti perdido, foi um pênalti mau cobrado, foi um desrespeito a instituição Corinthians, foi um desrespeito ao torcedor, foi um menosprezo ao goleiro rival. Quem acompanha o futebol sabe que esse esporte é o que mais apresenta quadros de menosprezo e de falta de profissionalismo e de caráter, jogadores cada vez mais nimados, empresários vampiros e um amadorismo e falta de esportividade tamanho é pra torcedor pedir seu ingresso de volta, lamentável.

Se ele tivesse apenas perdido o pênalti eu não estaria fazendo essa nota, mas, aquilo foi vergonhoso, praticamente um recuo para o goleiro Dida, motivo de chacota e até mesmo repressão pelo técnico do Corinthians, isso só serve para que os jogadores e os atletas em geral pensem quando for fazer as suas presepadas, afinal são profissionais que tem que honrar a instituição que os pagam altos salários para fazerem esses tipos de papelão? O ultimo caso mais gritante de desleixo foi de Anderson Silva no UFC que fez graça demais contra seu adversário e acabou sendo derrotado, mais do que isso ele perdeu o respeito e o carisma de seus fãs brasileiros, não foi nada profissional sua atitude e infelizmente na modalidade esportiva isso tem sido muito comum. É de se pensar não é? Até quando vamos ver palhaçadas desses atletas e por isso mesmo quando alguém chama para si a responsabilidade como o presidente do UFC e bane (despede) alguém como o brasileiro “Toquinho” por causa de indisciplina é o mesmo que qualquer patrão faria se você não for um bom funcionário, o resultado só pode ser esse, demissão por justa causa.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Tá errado, tá errado!!! e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s