Time grande também cai sim

BrasileirãoEm um campeonato brasileiro todo irregular e estranho a queda de pelo menos um grande era anunciado se não houvesse alguma “mão grande” para acolher um ou mais gigantes que eventualmente pudessem descer.

Então basta lembrar que nesta edição do campeonato brasileiro estiveram muito perto da queda São Paulo, Corinthians, Flamengo, Fluminense e Vasco e foi justamete este dois últimos citados times cariocas que caíram para a segunda divisão do nacional de 2014.

O histórico do futebol brasileiro é manchado de corrupção e manipulação de resultado e bastaram dois times grandes do Rio de Janeiro cair para começar a aparecer os recursos que interfeririam nos resultados da tabela, mas, foram tão incompetentes dentro de campo que mesmo que vier a ganhar fora dele apenas um deles se salvaria.

É sabido que no futebol internacional grandes de outros países já caíram como Chelsea, Manchester United e PSV são apenas alguns exemplos, medíocre é ter viradas de mesa e que isso sempre vem átona quando um gigante do futebol brasileiro é rebaixado.

O Fluminense é time de segunda divisão, rebaixado em 1998 para a Série B e posteriormente rebaixado para a Série C em 1999 o time foi resgatado para a Série A em 2000 com a Copa João Havelange já que a CBF estava impedida pela justiça de organizar um campeonato e assim coube ao clube dos 13 (C13) a realização de uma competição que inicialmente não iria promover e nem descer ninguém e assim o clube do ABC paulista São Caetano ganhou projeção nacional promovido para a Série A.

Agora rebaixados em campo Fluminense e Vasco querem reviver os tempos de vergonha do futebol brasileiro e usar as falhas de regulamento para se beneficiarem, mas, mesmo que os dois recursos forem favoráveis aos clubes somente uma das agremiações iria poder continuar na elite do futebol brasileiro. Vasco entrou com um recurso afirmando que o artigo 19 do regulamento geral da competição foi ferido uma vez que a partida entre sua agremiação e Atlético Paranaense foi interrompida por, mas de 60 minutos, ultrapassando assim o tempo de tolerância, a partida deveria ter sido suspensa e não continuada. O Vasco ainda pretende que seu rival que venceu em campo por 5×1 seja declarado “derrotado” dando ao Vasco o placar de 3×0, já o Fluminense não entrou com nenhum recurso, mas, pode ser beneficiado devido a uma possível escalação irregular de um jogador da Portuguesa (Lusa) na ultima rodada da competição, caso o julgamento seja procedente o time do Canindé poderá perder 4 pontos (3 pela infração mais 1 pelo jogo onde a irregularidade ocorreu) deste modo este time estaria rebaixado no lugar do Fluminense. Vale lembrar que o campeão brasileiro também escalou jogador ilegalmente e só teve uma multa.

Os constantes rebaixamentos dos times grandes são apenas o reflexo de muitos problemas no futebol brasileiro e a supervalorização e números expressivos de salários e má gestão dos clubes que culminou em dividas algumas das forças do futebol brasileiro.

Para muitos analistas esportivos o Vasco não era surpresa o seu rebaixamento, vale lembrar que o campeão brasileiro de 2012 vinha de más temporadas e estava flertando com a segunda divisão há algum tempo, clubes de futebol brasileiro estão em crise em quanto os pequenos ao menos modestos tem suas contas em dia na maioria dos casos e não fazem malabarismos e grandes engenharias financeiras para investir em jogador ou treinadores renomados e assim esperamos ansiosamente para ver na edição de 2014 qual grande irá cair.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Opinião e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s