O sentimento não é uma ciência exata

rosa vermelha

Um mais um é igual a dois, isso é fato, já o mesmo não pode se dizer na aritmética do sentimento mais sentimento, a igualdade disso é quase sempre “tende ao imprevisível”.

Se o sentimento fosse uma ciência exata seria possível analisá-lo friamente e prever, por exemplo, as chances de uma pessoa se magoar por conta de uma palavra maldita, poderíamos prever as chances de ser correspondido no amor ou até mesmo chegar a conclusões mais precisas, no entanto, a natureza das emoções humanas é muito complexo incapaz de ser analisado por conversas anteriores, gestos com as mãos, atitudes ou até mesmo por meio de fotos até por que nem nós mesmos temos absoluta certeza de nossos próprios sentimentos imagine o dos outros.

Sentimentos são choques de emoções vivenciados por um individuo que por vezes podem ser mais ou menos intensos de acordo com suas experiências e seu estado de momento e por fim podem repercutir positivamente ou negativamente dependendo de sua maturidade e capacidade de absorção.

Se os sentimentos de uma pessoa fossem facilmente previstos poderíamos ter maquinas que interpretariam essa particularidade tão humana e imprevisível e assim deixaríamos de ser tão interessantes, não existiria mentiras ou algo que pudesse passar despercebido ou até mesmo surpreender a alguém.

As experiências de uma pessoa no dia a dia interferem diretamente no resultado final de seus sentimentos, se elas forem traumáticas interferem negativamente, porém se elas forem sadias são positivas e estão em constante mudança como todo universo sempre esteve.

A única maneira de superar aspectos negativos de qualquer sentimento é a maturidade e a lucidez das experiências anteriores, saber lidar com isso é fundamental para atrair as coisas positivas, quem tem o poder de lidar com suas emoções e sentimentos tem o mundo na palma de suas mãos.

O sentimento realmente é humano, imprevisível, inesperado e às vezes até surpreendente, mas rico em aprendizado e superável como qualquer outro problema da humanidade, realmente não é uma ciência exata e sim totalmente humana.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Pensamentos & Filosofias de vida e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s