Paulo Nobre chora na cama que é lugar quente e seja homem

PalmeirasA polêmica envolvendo Palmeiras e São Paulo em função da transferência de Alan Kardec para o rival do Morumbi fez Paulo Nobre justificar seu fracasso chamando o mandatário tricolor de antiético.

Acompanhando atentamente o desenrolar da novela podemos verificar que Kardec não é mercenário e tinha preferência em ficar no Palmeiras, no entanto o jogo duro imposto por Paulo Nobre para renovar com um dos melhores jogadores do elenco fez a negociação se arrastar por meses.

Todos sabem da história Kardec estaria enquadrado no contrato de produtividade (modelo adotado apenas pelo Palmeiras) e reduziu sua pedida salarial em três oportunidades, quando as partes finalmente chegaram a um denominador comum que seriam os supostos R$ 220.000,00 Paulo Nobre que voltou da eleição da CBF resolveu querer reduzir o salário para mais 20 mil e deu no que deu, haja paciência.

O São Paulo e demais equipes começaram a mostrar interesse em ter Kardec no time o Palmeiras tinha tudo para poder contratá-lo mas sem concorrência irritou o empresário do jogador que depois de tanto tempo arrastando a negociação resolveu ouvir outros clubes, Paulo Nobre foi infeliz e não é homem para assumir que vacilou na negociação, não adianta culpar o rival de ter atravessado a negociação, assim funciona o mercado.

O clube do Morumbi não faz contrato por produtividade e ofereceu a Kardec R$ 350.000,00 e também se acertou com o Benfica clube português que detém os direitos econômicos do jogador.

A torcida da Sociedade Esportiva Palmeiras não pode se enganar, sabemos que o clube vive um momento financeiro ruim, mas Kardec merecia um tratamento especial, por 220 mil teria a manutenção de seu atacante só que a mão fechada dessa vez passou de todos os limites.

Os problemas não acabam por ai, Paulo Nobre terá que mudar sua postura para garantir Wesley no Palmeiras, essa negociação ainda é mais difícil já que o jogador não aceita o contrato por produtividade e já ganha muito, na minha opinião será outro que irá embora.

Quanto ao Kardec é cedo dizer se será uma boa para ele ir ao São Paulo, elenco mais concorrido com jogadores como Luis Fabiano e Alexandre Pato será difícil lutar pela posição e pode amargar a reserva, no Palmeiras ele estava tendo status de estrela.

E quando ao Paulo Nobre reclamando da falta de ética do São Paulo e atacando seu mandatário Carlos Miguel Aidar lamentável e patética postura do presidente do Palmeiras que não sabe assumir que essa situação poderia ter sido evitada, chora na cama que é lugar quente Paulo Nobre.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Opinião e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s