A hipocrisia do futebol e o previsível desfecho das semifinais

Campeonato PaulistaClássico é clássico e cada um com os seus problemas certo? Neste fim de semana os semifinalistas deram uma aula de hipocrisia no futebol e ao mesmo tempo de previsibilidade quanto ao desfecho dos resultados.

Previsível:

O confronto entre Corinthians e Palmeiras no estádio em Itaquera seria marcado por equilíbrio e por frente a frente a equipe a ser batida (favorito) e a equipe em formação que vem ganhando confiança e tem bons jogadores, vários jornalistas esportivos diziam que o Palmeiras poderia surpreender e eles estavam certos.

O equilíbrio foi tanto que em um jogo disputadíssimo e que terminará em 2×2 decidiu-se nos pênaltis que não é loteria é competência a competência foi mais para o lado verde lembrando que se Elias tivesse convertido seu ultimo penal os donos da casa estariam festejando a vaga para a final, mas Fernando Prass fez duas defesas e foi o grande herói para que o Palmeiras fosse a final.

O Santos passou fácil pelo São Paulo na outra semifinal dos quatro grandes é o que apresentava o menos futebol quando enfrentava um rival mais qualificado e isso era tão previsível quando o equilíbrio entre Corinthians e Palmeiras, Santos e São Paulo foi um jogo desigual onde o time santista era competitivo rápido e agressivo e do outro lado a apatia e marasmo deu no que deu, nem precisou de pênaltis 2×1 foi o placar do jogo e isso já era esperado o São Paulo continuará na fila sem ser o melhor time do estado a mais de uma década.

Hipocrisia:

Muito se falava do jogo entre Corinthians e Palmeiras do desgaste do time corintiano devido ao excesso de jogos na temporada e principalmente pelo jogo de quinta-feira pela Libertadores, desfalques como Guerrero e Emerson também foi colocado na conta, isso tira o mérito da classificação do Palmeiras? Claro que não, pura hipocrisia.

O time perdedor que teve a melhor campanha vai dizer que foi eliminado sem perder por que o regulamento não os protege e tem como uma única vantagem jogar em casa, vai dizer que se Emerson e Guerrero estivesse em campo o resultado seria diferente e que se não estivesse disputando duas competições estaria menos cansado, ora o Corinthians não foi inteligente já tinha sua vaga a próxima fase assegurada ainda assim quis colocar a força máxima contra o San Lorenzo então foi uma escolha.

Falar do regulamento quando se perde é fácil, mas o combinado não é caro todos assinam isso ai e conhecem as regras, além disso o Corinthians deu muito trabalho para o rival teve a chance de matar o jogo no tempo normal e nos pênaltis então desperdiçou uma cobrança com Elias quando o time poderia ter ido a final por tanto o melhor time da competição foi eliminado nos pênaltis é justo pois não teve competência para fazer valer o mando de campo e digo mais uma hipocrisia sem precedentes falar de calendário, cansaço agora depois que perde o regulamento é ruim já o time em formação do Palmeiras está de parabéns vai com moral para a final.

São Paulo nem pode falar que está priorizando o jogo derradeiro contra o Corinthians pela Libertadores o time é ruim mesmo, não jogou nada contra o Santos e mereceu perder, já o Santos fez sua parte sem forçar muito e decide em 180 minutos quem será o melhor time do estado de 2015 contra o Palmeiras, certeza uma só a briga no Brasileiro vai ser boa.

Anúncios

Sobre Thiago

Thiago Pereira de Brito (29) Jaraguá – São Paulo – SP é um cidadão que já teve de logo cedo lutar para viver, nascido no hospital Cruz Azul estava tentando ganhar peso suficiente já que nasceu fraco, mas infelizmente o excesso de oxigenação queimou o globo ocular de sua visão direita e o deixou sem entrada de luz e também afetou consideravelmente o olho esquerdo do qual enxerga estimados trinta por cento. O primeiro grande desafio do Thiago venho na infância a escolha de uma escola normal ou especial não parecia uma decisão muito fácil, mas, Thiago escolheu de bate pronto o que queria enfrentar e durante boa parte de sua vida enfrentou dificuldades sendo que a maior delas foi a sua própria alfabetização. Hoje Thiago trabalha como analista de suporte à redes por uma grande empresa, formado em ciência da computação tem uma história vencedora que você pode conhecer neste site acessando a seção História de Thiago.
Esse post foi publicado em Opinião e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s